Se os poetas são a "antena da raça", como diria Pound, Carlos Fonseca não nega a que veio: seu "Elegia do Corona: versos pandêmicos" é um testemunho escrito durante a pandemia, ou seja, um "documento autêntico", pois é a própria poesia, cremos, veículo maior do espírito do seu tempo.

Elegia do Corona: versos pandêmicos

R$ 39,00Preço

O site não se responsabiliza pela compra e venda dos livros aqui exibidos. Atuamos apenas como vitrine auxiliando os autores na divulgação dos mesmos.